Início

fundo parallax

O Corpo

Rodrigo Ortiz Vinholo

Um corpo é feito de suas partes?
Se alguma das partes mudar, é o mesmo corpo?

Veja mais
fundo parallax

A Bruxa
do Olho de Vidro

Maud Epascolato

Um crime não solucionado.
Três crianças curiosas.
Uma casa abandonada.

Veja mais
fundo parallax

EXO

Mário Bentes

Depois de muito tempo, só descobrimos a vida alienígena quando ela já havia nos descoberto. E agora eles vêm até nós. Mas onde eles estão?

Veja mais
fundo parallax

Santa Adrenalina!
Um guia para quem quer escrever thrillers

Claudia Lemes

Um bom thriller precisa de envolvimento do leitor. Precisa de surpresas, viradas na história, personagens com quem eles podem se identificar, torcer, e admirar. Bons thrillers mantêm a tensão entre uma cena de ação e outra, jogam obstáculos cada vez maiores no caminho do protagonista, apresentam conflitos internos angustiantes.

Veja mais
fundo parallax

Lúcifer: o primeiro anjo

Marcelo Hipólito

Para a criação do épico Lúcifer: O Primeiro Anjo, o escritor Marcelo Hipólito realizou uma extensa e detalhada pesquisa baseada em descobertas arqueológicas e nos ensinamentos do Taoísmo, Budismo, Judaico-cristianismo, Islamismo, Bramanismo, entre outras crenças e filosofias milenares.​

Veja mais
fundo parallax

Alec Dini e o
Vórtice do Tempo

F. R. Pan

Quando o jovem Alec Dini é misteriosamente transportado ao futuro, ele não faz ideia dos perigos que o aguardam: seu vilarejo está em ruínas, e ele e seus amigos são agora caçados por um clã de guerreiros que busca a todo custo obter o estranho poder que o menino carrega consigo. Quais serão os desafios e segredos que eles terão de superar para voltarem ao seu tempo?

Veja mais
fundo parallax

O Capirotinho: uma dose de porquês antes do fim

Guilherme Infante

Um diabinho pessimista, cínico, sarcástico e… melancólico. Uma representação alegórica do lado ruim que nós temos ou simplesmente uma visão pragmática do mundo como ele é em todas as suas variadas facetas? Sem propor respostas, Guilherme Infante usa seu carismático personagem para deixar no ar as perguntas universais sobre o que somos e o que fazemos de nossas vidas – e das vidas dos outros – no dia-a-dia. Tudo isso com bom humor, muita pizza e uma dose de vodka. Aproveite antes do fim.

Veja mais
fundo parallax

O último Gargalo de Gaia:
distopias, steampunk e dias finais

Vários autores

Mas, ao contrário do que pode parecer, a existência de vida alienígena não é o tema principal de O último Gargalo de Gaia: distopias, steampunk e dias finais. Esta obra, na realidade, trata das mil e uma possibilidades de extinção em massa da vida na Terra – seja por motivações naturais, aparentemente naturais ou deliberadamente artificiais. Com diferentes visões, que incluem a apresentação de passados alternativos e suas tecnologias impossíveis, distopias apocalípticas e até mesmo dramas que abordam questões filosóficas, os autores desta antologia de ficção científica trazem para o leitor os diferentes nomes e características dos gargalos que, finalmente, calarão nosso sopro existencial.

Até que, outra vez, em outra parte distante do Cosmos, a vida volte a florescer.

Veja mais
fundo parallax

Minhas conversas
com o diabo: livro um

Mário Bentes

Do mesmo autor de A terra por onde caminho, Minhas conversas com o diabo: livro um, de Mário Bentes, reúne uma coletânea de contos onde tais potestades da terra e do ar encontram-se com seres humanos que, ao contrário dos reis e de outros homens de poder, almejavam coisas simples: reconhecimento profissional, rever um familiar desaparecido ou ter uma nova chance pelo amor. Mas os saberes arcanos, repassados pelos caídos, têm seu preço: seja ele em peso de ouro, prata ou carne.

Veja mais
fundo parallax

Quando a selva sussurra:
contos amazônicos

Vários autores

Quando a selva sussurra é uma coletânea de contos baseados em lendas amazônicas. Revisitadas, relidas e reinterpretadas por autores que, como “mateiros” – os homens nativos da região que conhecem como ninguém todas as sinalizações ocultas da floresta –, vão conduzir o leitor à face do inexplorado, ao alcance do mitológico, às estradas perdidas do Eldorado literário onde todas as verdades se apresentam como lendas ainda hoje contadas pela oralidade dos antigos. Histórias que não se perdem quando passadas adiante. E que vão continuar. Porque o mistério permanecerá depois do homem.

Veja mais